A Força da Nossa Musculatura

Quais são os músculos mais fortes do corpo humano? E o mais fraco?

O corpo humano tem mais de 600 músculos –alguns mínimos, com poucos milímetros de extensão, outros milhões de vezes maiores, com cerca de meio metro.

Colaboração para o UOL, em Porto Alegre

Os músculos, especialmente o cardíaco e os esqueléticos – que estão vinculados à estrutura óssea e constituem nosso sustentáculo vital. O tamanho dos músculos, no entanto, não é sinônimo de força.

musculatura

Força, em termos musculares, “é a quantidade de potência determinada por um padrão específico de movimento em uma determinada velocidade. Assim, a força muscular é a força máxima –ou tensão– que pode ser gerada por um músculo ou por um grupo muscular contra uma resistência”, afirma a especialista em Medicina do Esporte, Cláudia Severo.

Veja os músculos mais fortes do corpo humano:

Bryan Smith/iStock

Glúteo máximo – isso mesmo, o músculo das nádegas é considerado um dos mais fortes da estrutura humana por sustentar nosso corpo na posição ereta. Por ser composto por fibras de contração lenta, são resistentes à fadiga e suportam mais peso.

iStock

Sóleo e gastrocnêmios – os músculos da panturrilha, a chamada “batata da perna”, também entram na disputa, de acordo com alguns especialistas, associados ao glúteo. O conjunto de três músculos (sóleo, gastrocnêmio lateral e gastrocnêmio medial) é responsável pelos principais movimentos humanos.

iStock

Masseter – outro forte concorrente, o músculo da mandíbula, apesar de pequeno, é responsável por uma pressão muito grande (a maior já medida em um humano chegou a 422 quilos pelo período de dois segundos) devido ao braço menor de alavanca que apresenta em relação a outras estruturas musculares.

Músculo mais fraco

iStock

Pálpebra superior – além de ser consensualmente o mais fraco dos músculos entre os especialistas, é um dos menores do corpo. Divide o espaço do globo ocular com outros seis músculos.


CONHEÇA MAIS

O Sistema Muscular

fonte: SÓ BIOLOGIA

O sistema muscular é formado pelo conjunto de músculos do nosso corpo. Existem cerca de 600 músculos no corpo humano; juntos eles representam de 40 a 50% do peso total de uma pessoa. Os músculos são capazes de se contrair e de se relaxar, gerando movimentos que nos permitem andar, correr, saltar, nadar, escrever, impulsionar o alimento ao longo do tubo digestório, promover a circulação do sangue no organismo, urinar, defecar, piscar os olhos, rir, respirar…

A nossa capacidade de locomoção depende da ação conjunta de ossos, articulações e músculo, sob a regulação do sistema nervoso.

sistemamuscular   sistemamuscular2

Tipos de músculos

No corpo humano, existem músculos grandes, como os da coxa, e músculos pequenos, como certos músculos da face. Eles podem ser arredondados (os orbiculares dos olhos, por exemplo); planos (os do crânio, entre outros); ou fusiformes (como os do braço).

Mas, de maneira geral, podemos reconhecer três tipos de músculo no corpo humano:

  • Músculo não estriado (músculo liso);
  • Músculo estriado esquelético;
  • Músculo estriado cardíaco.

Os músculos não estriados têm contração lenta e involuntária, isto é, os movimentos por eles gerados ocorrem independentemente da nossa vontade.

musculo2

Esses músculos são responsáveis, por exemplo, pela ereção dos pêlos na pele (“arrepio”) e pelos movimentos de órgãos como o esôfago, o estômago, o intestino, as veias e as artérias, ou seja, músculos associados aos movimentos peristálticos e ao fluxo de sangue no organismo.

Os músculos estriados esqueléticos fixam-se aos ossos geralmente por meio de cordões fibrosos, chamados tendões. Possuem contração vigorosa e voluntária, isto é, seus movimentos obedecem a nossa vontade. Exemplos: os músculos das pernas, dos pés, dos braços e das mãos. O músculo estriado cardíaco é o miocárdio, o músculo do coração, que promove os batimentos cardíacos. Sua contração é vigorosa e involuntária.

O trabalho muscular

Uma das principais propriedades dos músculos é a capacidade de se contrair; a contratilidade; é ela que torna possíveis os movimentos.

No caso dos músculos estriados esqueléticos, os ossos atuam como alavancas e permitem a efetivação do movimento. Às vezes, o movimento é possível graças ao trabalho antagônico de dois músculos. Por exemplo: quando você dobra um braço, o bíceps braquial se contrai, diminui no comprimento e aumenta na espessura. Ao mesmo tempo, o tríceps braquial relaxa. Ao esticar o braço, a situação se inverte: o bíceps braquial relaxa, voltando ao tamanho normal, e o tríceps braquial se contrai.


musculatura


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s