Mulçumano negro salva franceses

Caso você tenha perdido, um homem muçulmano foi o herói do cerco na mercearia Paris Kosher.

A próxima vez que alguém acusar todos os muçulmanos pelas ações de terroristas, por favor indiquem esta história:

Lassan Bathily, herói anônimo
Lassan Bathily – herói anônimo

Lassana Bathily, um funcionário muçulmano na mercearia Paris Kosher Hiper Cacher, salvou várias pessoas, escondendo-os em um ‘freezer walk-in’, quando um atirador cercou seu local de trabalho na sexta-feira.

Amedy Coulibaly invadiu o mercado e abriu fogo, matando quatro pessoas.

Ele levou vários clientes como reféns e ameaçou matá-los se a polícia invadisse a loja onde Cherif e Said Kouachi, que tinham matado 12 pessoas em um ataque contra a revista satírica Charlie Hebdo no início da semana, estavam escondidos, em uma aldeia ao norte.

Bathily, identificado pela imprensa francesa como um “muçulmano do Mali”, ajudou diversos clientes a se protegerem do caos que se desenrolava.

“Eu fui até o freezer, abri a porta, e várias pessoas foram comigo.

Eu apaguei a luz e o freezer,”

Bathily, 24, disse BFMTV rede francesa.

“Eu os levei para dentro, e disse-lhes para manterem a calma ali.

Quando eles saíram, me agradeceram.”

fonte: dailykos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s